Novo Passo Las Toninas

Investimos 10 milhões de dólares para melhorar a conectividade internacional da Argentina

Em parceria com Metrotel construímos uma rede alternativa de 450 km de fibra ótica totalmente desvinculada dos vestígios existentes, assegurando assim internet diante de eventuais contingências que possam afetar a conectividade internacional.

Mais informação
Ver vídeo

Sobre Novo Passo Las Toninas

Este novo vestígio construído junto com a Metrotel tem uma relevância estratégica na infraestrutura de conectividade entre Argentina e o mundo, por trata-se de um aspecto que utiliza uma rota alternativa ao resto das redes dos operadores que conectam com as estações de atracação de Las Toninas.

A nova linha começa na cidade de El Talar de Pacheco, no Partido de Tigre e dali tem um recorrido diferente aos de todas as outras redes de fibra ótica, que vão pelas rotas 2 e 11, conformando uma opção de alto valor para operadores e empresas que requerem assegurar a continuidade de serviços. Neste sentido, ao não superpor a rota com a das outras redes existentes, a rota evita ter SPOFs (Single Point of failure) diante de eventuais cortes e contingências que possam afetar a conectividade internacional do país.

Neste espaço, que demandou uma extensão de 60 km adicionais aos 290 que foram necessários em um trecho pela rota, contempla abrir sítios de amplificação cada 100 km, gerando um impacto duplo. Assim, além de estabelecer uma nova rota de baixa lentidão que o país com o mundo inteiro através dos cabos submarinos transcontinentais, a nova rota foi desenhada especialmente para melhorar radicalmente a conectividade e o acesso à internet através de fibra ótica nas localidades pelas quais passa a implantação da rede, como Domselaar, Coronel Brandsen, Jeppener, Altamirano, Chascomús, Dolores, General Lavalle, General Conesa, Las Toninas e cidades vizinhas.

Silica NetworksMetrotel